Batalha Perdida

Ultimo Samurai

Entre os feridos na batalha
Lá estava a lança
Fincada no chão como uma lembrança
Era o fim da guerra
Mas havia esperança?

 

Era o maior dos guerreiros
Aclamado como heroi
O mais bravo dos homens
“Nada o destrói!”

 

Continuo pensando na lança fincada
Na mão que a segurava
Mesmo depois da luta
Ele não a largava

 

As flechas o transpassaram
Seu espirito foi abatido
No fim lhe abraçaram
E deste mundo foi banido

 

“Nosso heroi morreu
Quem irá nos libertar?”

 

Me lembrei das palavras
Do que velho sabio
Que dizia sobre essas coisas
Confiar no homem falho

 

“Herois caem
Espadas quebram
Lanças se partem
E escudos se estilhaçam”

 

Perguntei-lhe onde então
Se deveria confiar
Ele sorriu e deixou a questão
No ar

 

Ar.

 

Vaidade?

 

O Nada?

 

O heroi caiu
Meu irmão de batalha caiu
Mas eu me levantei
E entendi

 

Não era no ar
Era no dono do ar

 

Elohim.

Leave a Reply