A poesia no meio do caminho

WP_20140314_001
E foi assim, no meio do meu caminho para o trabalho que encontro a poesia plantada nessa praça de São Caetano.

Muita gente a ignorou provavelmente. Eu quase que deixei passar batido, mas antes de atravessar a avenida eu parei, dei meia-volta e tirei uma foto com o meu celular mesmo.
Um poema plantado. Assim como muitas árvores que ignoramos, como muitas pessoas que ignoramos no nosso caminho, como muitas outras coisas, estava ali apenas por estar ali.

 

a árvore é um poema
não está ali
para que valha a pena
está lá
ao vento porque trema
ao sol porque crema
à lua porque diadema
está apenas

(Paulo Leminski)

E então me veio a lembrança feito uma voadora na cara: Hoje é o dia da poesia! Alguém fez uma singela homenagem numa árvore (ou mais, não sei, talvez hajam mais por aí).
Então aproveite hoje porque a desculpa é perfeita pra plantar poesia no seu facebook, na sua rua, nas árvores e preste atenção ao seu redor: a poesia pode ter passado por você e nem viu!

Feliz dia da poesia!

1 Comment for “A poesia no meio do caminho”

Leave a Reply