Ó Outono

Outono
Ó Outono
O que guardas para mim?

Folhas morrerão
Para que perdure ao inverno?
São dispensáveis
São renováveis.

Como no fim do sol
Há sempre a noite
Que seja descanso
Paz
E um pouco de frio

E neste inverno haverá esperança

Elohim

Leave a Reply